H – XVIII ENCONTRO ANUAL EM MARIANA – 2009

COMO FOI O XVIII ENCONTRO EM MARIANA

 

O segundo final de semana do mês de julho tornou-se a marca cronológica do Encontro Anual dos Ex-alunos dos Seminários de Mariana. Esta data foi escolhida para atender a uma logística do reitor do Seminário São José que, durante a semana anterior sedia o Retiro dos Padres da Arquidiocese de Mariana. A estrutura do receptivo para o Retiro estende-se então ao Encontro da AEXAM.
Há alguns anos a diretoria da AEXAM prepara esse acontecimento com todo carinho e dedicação para torná-lo agradável e interessante àqueles que vão a Mariana. Têm sido muito importantes o apoio e a generosa acolhida dos reitores do Seminário São José, especialmente do Padre Lauro Sérgio Versiani Barbosa.
E neste ano não foi diferente.

São muitos os aexanos que fazem desse momento em Mariana uma oportunidade de reverem a sua história, revisitando locais e revendo amigos e companheiros de rezas, estudos e rancas. Há aqueles que lá comparecem pela primeira vez e, sempre que os compromissos pessoais ou profissionais permitem, retornam levando algum ex-aluno “novato”.

E, neste último 12 de julho, sábado, saídos de diferentes cantos da nossa Minas Gerais eles chegaram lá a Mariana entusiasmados com a possibilidade do reencontro com os ex-colegas. Também de outros estados – Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná – foram aexanos para o abraço caloroso e amigo. De Belo Horizonte o tradicional ônibus, patrocinado pelo associado Luiz Flaviano, levou quase trinta aexanos e familiares ao Encontro.
À chegada todos puderam conhecer um pouco da história do Seminário Maior São José que, em 1934, se tornava a casa dos alunos de Filosofia e Teologia. Uma exposição de fotos e textos preparados pelos seus seminaristas, sob a coordenação do reitor, recorda as etapas da construção do prédio, o registro nos seus corredores e espaços dos seus “moradores” em diversos anos e as presenças de ilustres sacerdotes e bispos que por lá passaram em visitas.
No dia 15 de agosto próximo comemoram-se 75 anos de sua inauguração.
Um delicioso almoço completou as boas-vindas.

No final da tarde aconteceu a tradicional reunião dos aexanos no salão apostólico.
Em seguida à auto-apresentação o José Ivanir Américo fez uma palestra sobre a vida e a obra pastoral, política e social do Padre Pedro Vidigal, ilustrando-a com fotos e casos muito interessantes.
“Mariana, Patrimônio da Humanidade” foi o tema da palestra do Prefeito Roque Camêllo que, com conhecimento de causa e riqueza de detalhes, falou do projeto, das obras necessárias e das dificuldades a serem transpostas para que a cidade de Mariana receba tal título.
O encerramento da reunião aconteceu em grande estilo gastronômico com um suculento churrasco, acompanhado da cerveja amiga, da pinguinha artesanal e do refrigerante. Não faltaram, saídos de algum porta-malas, o litro de uísque e as garrafas de vinho. Um momento agradável e prazeroso em que todos os presentes se confraternizavam animadamente.

Na manhã do dia seguinte, um domingo ensolarado, as ruas centrais de Mariana estavam movimentadas com a presença de turistas no Festival de Bandas de Música, uma das promoções do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana.

Porém, no lugar mais destacado do podium – na praça em frente à Catedral – estava a Banda de Música Santa Cecília de Barão de Cocais que, embora não participasse do Festival de Inverno, mais uma vez, por gentileza de seu presidente JD Vital, marcou presença no Encontro da AEXAM e tocou muito bonito, abrindo o segundo dia.
Aexanos, familiares e marianenses lotaram essa centenária catedral para a missa celebrada por Dom Geraldo Lyrio, Arcebispo de Mariana e concelebrada por alguns padres e pelos dois novos monsenhores – Avelino Marques e Edvaldo Camargos –
Infelizmente, por imprevistos na gestão do evento, não houve o canto gregoriano que tanto empolga e emociona as pessoas.
Após a missa, ao som e no ritmo da mesma banda, os aexanos e familiares “marcharam” até o Seminário São José. Lá, na escadaria frontal, aconteceu a foto tradicional que registra a presença, quase total, daqueles que compareceram.
Antes do almoço que encerraria o Encontro, no Salão Apostólico, uma platéia emocionada acompanhou uma esplêndida apresentação da Banda de Música Santa Cecília de Barão de Cocais.
Felizes com um almoço muito gostoso, os aexanos foram aos poucos deixando o refeitório e distribuindo abraços de despedida com a promessa de retorno no próximo ano.
A diretoria da AEXAM, comandada pelo presidente Walter de Freitas e sua esposa Graça, fizeram um maravilhoso Encontro. Parabéns!

Deixe uma resposta