Como tudo começou.

Caranaíba, 26 de dezembro de 2007
 
Prezado Aexano, “Pax Christi!”
Navegando pela internet, acidentalmente, tive a grata surpresa de descobrir o “site” da AEXAM, fato que me deixou felicíssimo e curioso. A partir daí, lendo o livro do abalizado historiador Cônego Raimundo Trindade – “Breve Notícia dos Seminários de Mariana” – observei que dos nomes distintos listados, na maioria deles, não havia referência alguma. Ato contínuo, não obstante a inexistência de bibliotecas de nível em minha cidade, debrucei-me sobre o computador, conseguindo alguma coisa. Infelizmente nossa internet é discada (interurbano) o que majora em demasia a conta telefônica. Ainda assim, obtive êxito. No entanto, sobre muitos nada consegui.
Gostaria, por obséquio, que você me ajudasse nas pesquisas. Eis os nomes: (segue-se uma relação de trinta e cinco nomes)
Vê-se, portanto, que os nomes são muitos, talvez conseqüência de meu analfabetismo virtual.
Em anexo a lista do que encontrei. (são sete folhas em tamanho ofício onde foram catalogados mais de duzentos ex-seminaristas em diversos cargos públicos e eclesiásticos).
Caro Helvécio, laços fortes nos unem. Além de ex-seminarista de Mariana, nasci no Glória – antigo distrito de Carandaí – terra de seu berço.
Aproveito o ensejo para desejar-lhe e a seus familiares um ano novo prenhe de realizações. O Divino Infante de Belém os proteja e os guarde para todo sempre.
Fraternal abraço do Prof. José Henriques.
 
                                                                            

 

 

José Henriques Júnior
Estudou no Seminário Menor de 1972 a 1976
É Diretor de Escola Estadual
Esta correspondência foi o “tiro de meta” para que lá e cá, mais lá do que cá seguramente, fosse desenvolvido um cuidadoso trabalho de pesquisa sobre os ex-seminaristas de Mariana que se distinguiram. O Professor José Henriques, na sua acolhedora Caranaíba (antes Glória), veio criando um cadastro pormenorizado desses “ILUSTRES” e constantemente enviava o resultado de suas pesquisas.
É importante mencionar o interesse e a dedicação desse aexano, que se empenhava e continua se empenhando em executar essa pesquisa, cujo resultado parcial é mostrado neste site e, quando mais completo, será exposto publicamente no Seminário São José em Mariana, na sala do Memorial Físico da AEXAM.

Deixe uma resposta